Spread the love

A Delegacia de Polícia Civil de Princesa Isabel, no Sertão da Paraíba, cumpriu o mandado de prisão contra um homem de 52 anos que é suspeito de estupro de vulnerável contra uma adolescente.

Segundo informações divulgadas pela polícia, a menor era abusada desde os 11 anos até a data atual com 16 anos. Há cerca de um mês a vítima saiu da casa do suposto estuprador.

Exames preliminares levantam a suspeita de que a vítima é portadora de DST com doença incurável adquirida possivelmente pelo estupro.

Sobre o caso, o delegado Gutemberg Cardoso disse: “O conselho Tutelar nos procurou para fazer essa denúncia e por meio do GTE desta delegacia apurou a veracidade dos fatos. Que desde os 11 anos a vítima sofria de abusos sexuais, o acusado entrava quase todas as noites quando ela estava dormindo e só teve um pouco de sossego quando foi morar em João Pessoa, mas a vítima voltou a morar com a tia e vítima, quando tinha 13 anos aumentou o abuso. Que exames sexológicos provaram que ela não é mais virgem. Que exames preliminares apontam que há suspeita de que ela adquiriu DST, sífilis e HIV do acusado que está sendo apurado “, disse o delegado.

Ele também afirmou que o juiz decretou a prisão preventiva do suspeito a pedido do delegado. A investigação prossegue em inquérito policial instaurado.

Patosonline.com 

 

Deixe seu comentário