Início Cultura Há 30 anos, patoense ganha a vida imitando Elvis Presley

Há 30 anos, patoense ganha a vida imitando Elvis Presley

O patoense Jacileudo Ferreira de Almeida tem 54 anos, 30 deles dedicados a imitar Elvis Presley, o Rei do Rock, um dos maiores ícones da cultura de massa de todos os tempos.

Leudo ficou fã de Elvis já aos oito anos de idade e sempre procurar cantar as músicas do ídolo, tentando fazer com que sua voz se parecesse com a voz do artista. À medida que ele crescia as pessoas elogiavam, diziam que ele cantava muito parecido com Elvis Presley, e isso criou um grande entusiasmo nele, que passou a imitar o roqueiro.

Leudo começou a trabalhar com música ainda muito jovens, tocando guitarra nos grupos locais, e aos poucos o “seu lado Elvis Presley” foi brotando, e ele fez disso aa sua profissão.

Leudo foi contratado por muitos anos pela Distribuidora de Bebidas Coroa e se apresentou imitando Elvis Presley por todo o país, e sempre com muito sucesso. Ele se apresenta em casamentos, casas de shows, confraternizações, e canta praticamente todo o repertório de Elvis Presley: “Tenho repertório para cantar três horas consecutivas e sem repetir uma música”, disse ele.

Hoje ele atua com a empresa DAJ Eventos, de Patos, e faz muitas apresentações pela Paraíba afora.

Elvis Presley é o seu carro-chefe, é o cover com que ele trabalha mais, mas ele também imita outros artistas, a exemplo de Zé Ramalho, Roberto Carlos e Reginaldo Rossi.

Contatos para apresentações pelo telefone 99636-9209.

Leudo é casado e vive no bairro da Maternidade, em Patos. Veja abaixo um depoimento dado pelo artista sobre a sua carreira:

“Minha trajetória musical começou aos 20 anos com a Banda Voltagem. Após passar pela Banda Voltagem criei o grupo show Brilhantes, e depois, em parceria com Leonardo Júnior, formamos o grupo show Raios, que ficou conhecido na Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Ceará. Depois em sociedade com Martiniano Carlos Monteiro formamos a banda Águias e, posteriormente, Marcos Aurélio e eu formamos a Banda Sol e a Banda Baile. Após a Banda Sol passei pela Banda Tártaros, do Rio Grande do Norte. Depois de alguns anos em contrato com o Engarrafamento Coroa comecei carreira solo, me apresentando nos estados do Piauí, Maranhão, Tocantins, Pernambuco e Ceará. Hoje continuo minha carreira solo e faço também cover de Elvis Presley e participações com a banda Los Pandas. Tenho 10 CDs gravados e um DVD”.

 

Veja o vídeo:

 

Folha Patoense – folhapatoense@gmail.com

Fotos: arquivo pessoal

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!