Início Locais Sem EPI, servidores de Patos não devem nem participar de reuniões, diz...

Sem EPI, servidores de Patos não devem nem participar de reuniões, diz SINFEMP

Foto: arquivo

A Secretaria Municipal de Educação de Patos está se preparando para iniciar as aulas remotas e com isso, auxiliares de serviços estão sendo convidadas para reuniões nas referidas escolas e a orientação da entidade é a exigência do uso do Equipamento de Proteção Individual (EPI) adequado para todos.

Professores, técnicos administrativos, vigias, Diretores, dentre outros, devem também exigir o EPI adequado para que possam desempenhar suas funções.

Para a presidente do SINFEMP, Carminha Soares, desde que foram suspensas as aulas teve tempo suficiente para organizar o EPI, dando assim condições dignas de trabalho a todos.”Além de máscaras e luvas, os servidores que trabalham na limpeza precisam de botas, óculos de proteção, tocas, aventais, fardamento, para exercer as suas funções no dia a dia”, disse a presidente.

Outra preocupação da entidade é em relação aos servidores que tem problemas de saúde, tais como: diabetes, hipertensão, doenças crônicas, além dos que tem acima de 60 anos que não devem se expor nesse momento de Pandemia. “Se o servidor tem diabético, é hipertenso, tem problemas alérgicos, isso é para sempre e não tem sentido a gestão ficar pedindo laudo e ter que passar por junta médica”, afirmou Carminha.

O SINFEMP orienta que qualquer servidor que de sinta prejudicado, encaminhar denúncia para os emails: sinfemp@ig.com.br e sinfemp@gmail.com e também denunciar nos grupos do WhatsApp da entidade sindical. “Não somos contra que os servidores trabalhem, mas y que ser garantida todas as condições para isso, especialmente EPI”, destacou a sindicalista.

Assessoria SINFEMP

Print Friendly, PDF & Email
Deixe seu comentário!