Início Política “Patos está um caos e gestor preocupado em pagar salário de quem...

“Patos está um caos e gestor preocupado em pagar salário de quem foi afastado”, critica sindicalista

José Gonçalves

O sindicalista José Gonçalves lamentou a postura do prefeito interino de Patos, Ivanes Lacerda, que está preocupado em pagar o salário do prefeito afastado Dinaldinho, deixando de priorizar as ações que resolva os problemas existentes no Município, que afeta diretamente a vida do povo.

Para o sindicalista, ao mesmo tempo que o prefeito diz que não tem recursos e nega uma série de direitos dos servidores, faz uma consulta ao Tribunal de Contas do Estado, para saber se pode ou não pagar o salário do prefeito Dinaldinho que foi afastado por suspeita de corrupção no Município durante a sua gestão. “Parece até que Dinaldinho vive morrendo de fome, que não recebeu o auxílio emergencial, para tanta preocupação por parte do atual interino de Patos”, disse o mesmo.

Gonçalves afirmou ainda que isso é um tapa na cara da população de Patos, dos servidores públicos, que estão sofrendo no dia a dia, com a retirada de seus direitos pelo prefeito e com o apoio da maioria dos vereadores da casa Juvenal Lúcio de Sousa. “O povo está sofrendo com taxas de iluminação pública, quando estão no escuro. Com o lixo tomando conta da cidade. Com o matagal e a buraqueira prejudica diariamente. Quando não se tem política para o Distrito de Santa Gertrudes e zona rural. Mas no entanto a preocupação do gestor é pagar o salário do prefeito afastado’, denunciou o mesmo.

Para Gonçalves, o povo de Patos deve refletir para não cair nos mesmos erros cometidos na eleição anterior. “Temos a oportunidade de mudar radicalmente, elegendo um prefeito que tenha compromisso com o povo e uma Câmara Municipal que seja totalmente diferente dessa atual”, finalizou o mesmo.

Assessoria

Print Friendly, PDF & Email
Em cumprimento à Legislação Eleitoral, o portal Folha Patoense não publicará os comentários dos leitores. Voltaremos ao normal logo após o período eleitoral.